Televendas:
(21)98211-7111 - Thiago whatsapp
(21)99636-8643 - Oscar whatsapp
FRETE GRÁTIS (via PAC) NAS COMPRAS ACIMA DE R$300!
Válido para as regiões Sudeste e Sul e para Brasília
Schenk Murviedro La Casa de la Seda 2016

De: R$128,00

Por: R$108,00

Adicionar

Origem

Schenk

Espanha

Utiel-Requena

DOP Utiel-Requena


Características Gerais

Tinto

14,5%

68 meq/l

<2 g/l

750 ml (Garrafa)

Rolha


Castas

Bobal


Vinificação

1/3 do vinho repousa em toneis de carvalho francês, 1/3 em grandes ânforas de argila e o restante em tanques de concreto ovóides.


Descrição

A casta Bobal é uma variedade de casca escura nativa da região de Utiel-Requena, no sudeste da Espanha. É a terceira casta mais plantada naquele país, apesar da ser praticamente desconhecida no mercado internacional. Isso deve-se a que, por muito tempo, a Bobal foi utilizada como coadjuvante em cortes. No entanto, nos últimos tempos, os produtores da região vêm apostando em varietais dessa extraordinária casta que elabora vinhos de qualidade, mastigáveis, aveludados e com notas de chocolate e frutas secas.

Este vinho Schenk Murviedro La Casa de la Seda 2016 é um magnífico exemplo desse novo tratamento dedicado à casta Bobal.

Elaborado com vinhas velhas de mais de 90 anos, é um vinho vermelho-escuro, retinto e intransponível, cujas lágrimas espessas revelam seu teor alcoólico de 14,5%.

Seus encantadores e complexos aromas trazem as ameixas pretas, cereja, chocolate amargo, rosas vermelhas e defumados. Mas é no paladar que o vinho excede, com uma entrada vigorosa, magnífica estrutura, taninos maduros, textura mastigável. Poderoso toda a vida, é realmente um vinho de muita personalidade. Com longa permanência, deixa notas amendoadas e de café expresso.

Um vinho delicioso de imediato, mas se você conseguir, guarde por até 5 anos, quando o vinho irá atingir seu apogeu.

Vale destacar, também, a bela embalagem que homenageia as tradicionais sedas elaboradas na região de Requena.

Harmonize com pratos suculentos de carne, presunto Serrano ou queijo Manchego curado.



Comentários